A pandemia da Covid-19 impôs mudanças no sistema educacional de todo o mundo. Em um primeiro momento, as escolas se viram obrigadas a desenvolver e implantar o sistema de ensino à distância. Assim, meios digitais, videoaulas, plataformas para salas virtuais e vários outros conteúdos multimídias passaram a fazer parte do universo escolar. Agora, mais de seis meses depois da suspensão das aulas presenciais, as escolas se prepararam para um novo momento: o sistema híbrido de ensino. O modelo prevê a alternância entre aulas online e presenciais e deve ser utilizado por todas as escolas do país.

Além disso, todas as unidades de ensino devem passar por adaptações para receber os alunos presencialmente, garantindo a segurança sanitária que o momento exige. Os protocolos médicos e sanitários foram divulgados pela Secretaria de Educação de Pernambuco no dia 15 de junho e tem três pilares como base: distanciamento social, prevenção e proteção e comunicação. Com isso, além das adaptações nos equipamentos físicos das unidades, é necessário um minucioso planejamento do funcionamento das unidades, o que inclui treinamento e capacitação da equipe, além de orientação às famílias sobre os cuidados necessários diante do retorno às atividades presenciais

Neste “novo normal”, é importante também a realização de um processo de medição de aprendizagem do período remoto. Com isso, as escolas terão um diagnóstico mais preciso de onde estão as maiores déficits de aprendizagem dos alunos, oferecendo aos professores informações para construírem planos de aulas direcionados para o processo de resgate pedagógico.

Uma eficiente ferramenta de medição de aprendizagem é o Exame de Verificação de Aprendizagem (EVA), que integra as ferramentas disponibilizadas pelo Sistema GGE de Ensino por meio da plataforma V4. Trata-se de um exame criado para oferecer uma análise do que se perdeu na aprendizagem e apresenta um diagnóstico para a escola, possibilitando que, a partir dessa ferramenta, ela possa criar estratégias para retomar os conteúdos perdidos.

Sendo assim, através dessa avaliação, é possível acompanhar o desempenho dos alunos em cada conteúdo programático previsto no planejamento bimestral, bem como ter acesso a relatórios consolidados de desempenho, por turma, série, unidade de ensino, disciplina e professor.

Esta é apenas uma das ferramentas e das ações que precisam ser implantadas neste processo de retomada das aulas presenciais, que é cheio de desafios e requer uma série de acompanhamentos necessários para o bom desenvolvimento das atividades. O acolhimento e o cuidado com a saúde mental e com o acompanhamento da aprendizagem dos alunos são peças-chave para que todas as etapas sejam vencidas e para que este processo de consolidação do sistema híbrido seja rápido, tranquilo e eficiente. Para ajudar a sua escola neste momento, o Sistema GGE de Ensino preparou um e-book com dicas e orientações importantes para este momento. 

0 respostas

Deixe uma resposta

Deseja deixar um comentário?
Seu comentário será bem vindo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright - Portal - Sistema GGE de Ensino