Além da adaptação à dinâmica de aula em formato online, que pede desenvoltura do professor diante das câmeras, outro desafio presente no dia a dia de quem atua em plataforma virtual é conseguir despertar a atenção dos alunos que assistem aulas através de computadores, tablets ou smartphones. Para ajudar a criar uma melhor experiência entre professores e alunos, listamos 3 sugestões que vão envolver, de forma rápida, aqueles que acompanham a escola de casa. Fica a dica, professor!

1. Faça chamada pelo nome

Que tal realizar, no decorrer da aula, uma lista de presença? Quando existe o hábito da chamada, o aluno tende a ficar ainda mais atento à fala do professor. Até porque não sabe em que momento poderá escutar seu nome. Além de provocar interação, a hora da chamada pode ser excelente gancho para estabelecer uma conversa mais aprofundada. Perguntas sobre o entendimento da disciplina ou a rotina de estudos em casa são formas simples de minimizar o distanciamento, engajar o aluno remoto em sala de aula e ampliar a conexão entre estudante e professor.

2. Convide para ligar a câmera

A participação ativa dos alunos durante as aulas é necessária para o professor que precisa, inclusive, avaliar o desempenho de cada um de forma isolada. Com câmeras desligadas, a dispersão é certa. Convide a turma para desativar os microfones, com intuito de não provocar ruídos em meio às explicações, mas reforce a importância de manter câmeras ligadas.

O aluno nem sempre consegue verbalizar suas dúvidas e, quando existe dificuldade na disciplina, as expressões faciais são facilmente interpretadas pelo professor. Portanto, câmera ligada faz toda a diferença. Repercute diretamente no aproveitamento do aluno em sala.

“Não basta acessar a aula online e permanecer apenas na escuta. O aluno precisa entender o quanto sua imagem, diante da tela, é importante para o professor. Ver os semblantes dos alunos, ouvi-los respondendo às perguntas e interagindo diariamente é tudo o que a escola deseja”, destaca Allan Bruno, coordenador formativo do Colégio GGE.

3. Mescle atividades entre alunos presenciais e remotos

Planejar o conteúdo de acordo com o perfil da turma é outro passo importante para gerar o engajamento esperado e reforçar o aprendizado. Alguns grupos costumam interagir mais do que outros. Para estimular uma turma pacata, por exemplo, o professor pode realizar dinâmica em dupla, formada entre aluno presencial e remoto, com finalidade de movimentar o ambiente e trazer para mais perto aquele que acompanha a aula de casa. Com criatividade, os alunos se envolvem ainda mais nas atividades.

Por fim, o professor não deve esquecer que postura e tom de voz são de extrema importância quando o assunto é motivar e engajar alunos em aulas online. Portanto, comece disposto a impactar. Desde o primeiro momento, envolva o aluno para que o seu interesse permaneça contínuo, do começo ao final da aula. Lembre-se de que é muito provável que o estudante esteja em formato remoto não por vontade própria, mas por escolha da família.

Notícias Relacionadas

0 respostas

Deixe uma resposta

Deseja deixar um comentário?
Seu comentário será bem vindo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *